Aprender a estudar é fundamental

Por mais que esteja facilitado o acesso ao dado ou a informação… ainda não temos atalho para o esforço. Aprender música requer esforço. Formar um corpo para habilidade musical ainda precisa de dias, meses e anos de prática e estudo. Para melhorar nossos resultados e ampliar o desenvolvimento musical,  é fundamental otimizar nossos momentos de estudo.

Do que adiantaria termos milhares de métodos e partituras se não conseguimos estudá-las de forma adequada? Organizei, a seguir, algumas dicas que talvez contribua para melhorar a qualidade do tempo que dispomos para estudar:

A) Faça um cronograma de estudos com objetivos bem definidos. Organize seus estudos por dias, semanas e meses. Faça programações realistas para que você não se desanime. Aonde você quer chegar? Esteja aberto(a) para mudanças, caso seja necessário.

B) Crie tópicos com o que você considera fundamental; Escreva sobre o que você aprendeu. Ter uma agenda para anotações e registros de atividades é sempre útil.

C) Focar na funcionalidade da informação que você está aprendendo;

D) A qualidade do tempo que você disponibiliza para as aulas é algo bem mais importante do que apenas “estar presente”.

E) O que pode afetar negativamente a qualidade de sua aula: 1) não dormir adequadamente, 2) chegar atrasado aos encontros/ensaios, 3) ter que sair mais cedo dos encontros. Enfim, evite os contra-tempos na medida do possível.

F) Ao entrar em sala de aula desligue os aparelhos eletrônicos desnecessários para as atividades. Celulares, tablets ou notebooks conectados a internet prejudicam a sua concentração e consequentemente sua produtividade. Na hora de estudar, nada de deixar o celular por perto avisando você de cada notificação no Facebook. E nem caia na tentação olhar as redes sociais só por “dois minutinhos”. Esses dois minutinhos sempre se estendem e acabam com toda a sua concentração.

(reportagem da folha de s. Paulo):  “quando tentamos executar várias atividades ao mesmo tempo, acabamos por não fazer nada perfeitamente e, a longo prazo, por precisarmos estar alertas sempre com muitos acontecimentos, perdemos a capacidade de nos focar.”

G) Antes de sair de casa organize o material que você irá utilizar em aula (partituras, baquetas, metrônomo, estantes).

H) Cultive amizade com pessoas disciplinadas e que estimulem você a buscar novos conhecimentos. Estar próximo de pessoas com nível intelectual maior que o seu é positivo e pode te levar a estudar mais.

O planejamento também é muito importante. Por que planejamos? para melhorar a organização de nosso trabalho, para avaliar nossas decisões e construir um referencial de ações mais efetivas. Serve também para o aprimoramento das ações futuras de maneira constante. Momento de pensarmos sobre as ações que pretendemos realizar, avaliar alguns caminhos, produzir referenciais e prepararmos para os momentos de estudo e prática musical.

Planejar é ação fundamental para o desenvolvimento e acompanhamento de programas de estudo. Planejar é exatamente organizar toda a materialidade da ação, acompanhar esta materialidade da ação e avaliar os processos e produtos.

Para complementar, reproduzo aqui uma matéria originalmente publicada no Jornal Zero Hora com 5 dicas de estudo:

  1. Disciplina – Ser disciplinado para estudar é extremamente importante para o candidato. Então, defina um horário para criar um hábito.
  2. Qualidade – Ao invés de quantidade. Ou seja, melhor estudar uma hora por dia com assimilação do conteúdo do que 12 sem assimilar quase nada.
  3. Local de estudo – O ambiente utilizado para os estudos deve ser bem iluminado. Se for dia, aproveitar a luminosidade natural.
  4. Alimentação – Deve ser sempre leve para que o estudante não fique com sensação de peso nem sonolento. É importante estudar alimentado. O café ajuda na hora do estudo, assim como o chimarrão, usado principalmente em grupos de estudo.
  5. Exercícios físicos – Criar uma rotina de exercícios físicos ajuda a aliviar o estresse. Estudar, esperar resultados, enfrentar as dificuldades gera um bom nível de estresse. Um momento de exercício físico pode ser um grande aliado.

Grande abraço!

Deixe um comentário