Mestre Marçal – Cidadão do Samba

Esta é mais uma das várias listas temáticas que publico aqui no blog. Desta vez escolhi a discografia do compositor, cantor e percussionista Mestre Marçal. O material é representativo uma vez que a família Marçal (Armando, Mestre Marçal e Marçalzinho) representa parte importante da história do samba produzido no Rio de Janeiro.

São oito discos individuais além de atuações como percussionista e compositor em dezenas de outros trabalhos. Mestre Marçal (Rio de Janeiro, 1930 — 1994) foi um diretor de bateria e cantor brasileiro. Filho do consagrado compositor Armando Marçal, que se notabilizou ao fazer músicas com outro importante compositor, Alcebíades Barcellos, o Bide. Durante muitos anos foi diretor de bateria da GRES Portela. Após esse período, Marçal fez trabalhos como cantor, mas sem deixar o Carnaval de lado. Alguns de seus discos tinham a temática das Escolas de Samba, como A Incrível Bateria de Mestre Marçal, e seu último trabalho, Sambas-Enredo de Todos os Tempos.  Também atuou como comentarista dos desfiles de Escolas de Samba, pela Rede Manchete.

Kiko Freitas, Marçal e Marcelo Borba
Kiko Freitas, Marçalzinho e Marcelo Borba – 2015

Mestre Marçal gravou sambas como “A Primeira Vez”, “Meu Primeiro Amor”, “Que Bate-fundo É Esse?”, “Meu Sofrer”, “Agora É Cinza” (da dupla Bide/ Marçal, o pai). Em 1982 ganhou o título de Cidadão do Samba.

Mestre Marçal – 1986 Senti Firmeza (completo)
01.Contos de areia (Samba-enredo: Portela 1984) – (Dedê da Portela e Norival Reis)
02.Canto sublime (Adilson Bispo e Zé Roberto)
03.Aos novos compositores (Acyr Marques, Arlindo Cruz e Chiquinho)
04.Não faz assim (Arlindo Cruz, Franco e Luiz Carlos da Vila)
05.Gamação (Candeia)
06.Solidão tem cura (Arlindo Cruz, Franco e Sombrinha)
07.Facho de esperança (participação: Sereno) – (Julinho, Moyses Santanna e Sereno)
08.Nêga cascavél (Arlindo Cruz e Franco)
09.Que caia sobre mim (Amado Regis e Nelson Cavaquinho)
10.O que houve entre nós (Arlindo Cruz e Sombrinha)
11.Agora é tarde (Argemiro, Cabelo Branco e Mauro do Cavaco)

Mestre Marçal – 1987 Sem Meu Tamborim Não Vou (Completo)
01 – Canto Forte (Preto Jóia – Vaguinho – Ronaldo Camargo)
02 – Sem Meu Tamborim Não Vou (J. Portela – Marçal)
03 – Ouço Uma Voz (Nelson Amorim – Candeia)
04 – Inconsequência (Franco – Paulinho Mocidade)
05 – Só Você (Ari Monteiro)
06 – Olha Amor (Moysés Sant’Anna – Julinho)
07 – Os Malês (Adalto Magalha – Wilson Moreira)
08 – Me Mata de Amor (Franco – Paulinho Mocidade)
09 – Arte de Perdoar (Adilson Gavião – Almir Guinéto – Adalto Magalha)
10 – Vaidade Pra Quê (Arlindo Cruz – Franco)
11 – Palco (Efson – Nei Lopes)

Mestre Marçal

Mestre Marçal – 1989 Pela Sombra (completo)
01-Juntar as mágoas
02-Desalento
03-Pela sombra
04-Até de avião
05-Mocotó com pimenta
06-Imagens poéticas de Jorge de Lima
07-Impossível recomeçar
08-Quem dera
09-Povo de Aruanda
10-Fiz o que pude
11-Não diga a minha residência
12-Pouty-pourry – Sofrimento

Mestre Marçal – Entre Amigos (1990) (Completo)

01-Dona Invocada – Aldir Blanc, Moacyr Luz
02-Três Palavras/Perdas e Paz/Canto pra não ver você chorar
03-Leviana/O meu amor tem preço/Contentamento
04-Olhando no espelho/Doce Mistura/Bainha de Punhal
05-Vara de marmelo/Amor não é

Mestre Marçal – Sambas Enredo De Todos Os Tempos(1993) (Completo)

1 Lendas e mistérios da Amazônia – Portela 1970
(Waltenir, Catoni, Jabolo)
2 Tiradentes – Império Serrano 1949
(Estanislau Silva, Penteado, Mano Décio)
3 A festa do Divino – Mocidade Independente de Padre Miguel 1974
(Nezinho, Campo, Tatu)
4 Os sertões – Em Cima da Hora 1976
(Edeor de Paula)
5 Heróis da Liberdade – Império Serrano 1969
(Manoel Ferreira, Mano Décio, Silas de Oliveira)
6 Seca do Nordeste – Tupy de Brás de Pina 1961
(Gilberto Andrade, Waldir de Oliveira)
7 Iaiá do Cais Dourado – Vila Isabel 1969
(Rodolfo, Martinho da Vila)
8 Os Cinco Bailes da História do Rio – Império Serrano 1965
(Ivone Lara, Bacalhau, Silas de Oliveira)
9 O Mundo Encantado de Monteiro Lobato – Mangueira 1968
(Luiz, Darcy, Batista da Mangueira)
10 Sublime Pergaminho – Unidos de Lucas 1968
(Nilton Russo, Zeca Melodia, Carlinhos Madrugada)
11 Ilu-Ayê – Portela 1972
(Norival Reis, Cabana)
12 Aquarela Brasileira – Império Serrano 1964
(Silas de Oliveira)
13 Chica da Silva – Salgueiro 1963
(Anescarzinho, Noel Rosa de Oliveira)
14 O Grande Presidente – Mangueira 1856
(Padeirinho)
15 Liberdade! Liberdade! Abre as Asas Sobre Nós – Imperatriz 1989
(Preto Jóia, Vicentinho, Jurandir, Miltinho Tristeza)

Marçal Interpreta 1978 Bide e Marçal (Completo)

Participação Especial no Coro: Chico Buarque, Clara Nunes, Cristina Buarque, Dona Ivone Lara, Élton Medeiros, Gisa Nogueira, Gonzaguinha, João Nogueira, Martinho da Vila, Milton Nascimento, Miúcha, Nosso Samba, Paulinho da Viola, Paulo César Pinheiro e Roberto Ribeiro
Pot-pourri: Agora É Cinza / Meu Primeiro Amor / A Primeira vez / A Carta
(Bide e Marçal / Bide e Marçal / Bide e Marçal / Bide e Marçal)

Pot-pourri: Barão Das Cabrochas / Que Bate Fundo É Esse
(Bide e Marçal / Bide e Marçal)

Pot-pourri: Tua Beleza / Não Diga A Ela Minha Residência
(Bide e Marçal / Bide e Marçal)

Pot-pourri: Foi Você / Tu Não Sabes Mais O Que A De Querer / Velho Estácio
(Bide e Marçal / Bide e Marçal / Bide e Marçal)

Pot-pourri: Sorrir / Louca Pela Boêmia / Nunca Mais / Meu Sofrer
(Bide e Marçal / Bide e Marçal / Bide e Marçal / Bide e Marçal)

Pot-pourri: Violão Amigo / Se Ela Nem Vai Chorar, Nem Eu
(Bide e Marçal / Bide e Marçal)

Pot-pourri: Madalena / Olha A Sua Vida / Você Foi Embora / Agora É Cinza
(Bide e Marçal / Bide e Marçal / Bide e Marçal / Bide e Marçal)

A Incrível Bateria De mestre Marçal – 1988 (completo)

01-A incrível bateria de Mestre M.
02-Festa para um rei negro Salgueiro
03-O mundo melhor de Pixinguinha
04-Os sertões Em cima da hora 1
05-Contos da areia Portela 1984
06-Ilu-Ayê Portela 1972
07-No reino da mães de ouro Mangueira
08-Bum bum paticumbum prugurundu

Mestre marçal – álbum – 1985 – Recompensa (álbum full)

01 – É lá que eu moro (Sergio Fernandes –
Joel Silva)
02 – Outra alegria (Alceu Maia – Délcio
Carvalho)
03 – A janela do coração (Dedé da Portela –
Dida)
04 – Ando na orgia (Marçal – Bide)
05 – Samba do avião (Tom Jobim)
06 – Peço a Deus (Dedé da Portela – Dida)
07 – Como era verde o meu Xingú (Adil –
Tiãozinho da Mocidade – Paulinho Mocidade)
08 – Recompensa (Jotabê – Jorge Aragão)
09 – O bicho vai pegar (Marçal)

Grande abraço

Deixe um comentário