Videoarte: Alvo 11

A ideia inicial de Alvo 11 era investir em elementos rítmicos fragmentados, retalhados dentro da narrativa. Depois de algumas experimentações o resultado final é um trabalho áudio visual. Material cunhado a partir de sugestões rítmicas produzidas num controlador midi ligado ao notebook. A musica foi criada com timbres do software Ableton Live 9 e instrumentos de percussão (pandeiro, pratos, shakes e caxixis) gravados direto com a DAW Reaper.
Gravação, edição, mixagem e montagem de áudio e vídeo foram feitas por Marcelo Borba.

A circularidade do olho foi o elemento disparador do vídeo e também do título: Alvo. O número 11 surge como signo estético de múltiplas interpretações. O uno, o código computacional, etc. O arremate ficou na fabricação de algumas poucas linhas de poesia. Segue:

Notas aos pares
Ritmos desencontrados para bailar
Perambulante pulso
Alvo fora do centro
Couro e fumaça
Pele defumada
Sem foco
Sem força
Mendingando algum afeto

Marcelo Borba

abço

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.